.Sliedes


Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Poema "Retorno"

 

Retorno

 

 

Voltaste aparecida do nada

Senhora do meu destino

Estrela  muito querida e amada

Algo palpitou em mim ,nao quero perder o tino.

 

Estiveste ausente em parte incerta

Perdida dentro de ti  em continua confusäo

Quisera eu ir a tua descoberta

Para  aliviar teu coracäo.

 

Nossas lembrancas saltam-me a memória

Lembrancas essas que jamais se apagaräo

Os risos que em letras fizeram história

Dos versos feitos a quatro mäos.

 

Dos escritos vadios que fizemos

Guardados estäo como reliquia

Contem neles segredos que mantivemos

Como Ines e D Pedro foram feitos  pela escrita.

 

Agora vejo o teu retorno

Qual servo fiel sempre esperando

A volta de seu rei ao trono

Com lagrimas nos olhos,é a alegria chorando.

 

José AlbertoCorreia-PoetaCantinho

Escrito em 16.02.2008

Os direitos do autor estäo reservados

 

 

 

 

 

 

publicado por poetacantinho às 01:26
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Poema :Em teu Lugar !

Em teu lugar!
 
Ah,se fosse possivel
Eu trocar de lugar
Ser eu que näo andasse
Ser eu que nao falasse
 
Ja que eu vivi tanto
E tu ainda tens para viver
Já que eu brinquei em crianca
E tu isso talvez nao venhas a saber
 
Ah,se fosse possivel
Eu trocar de lugar contigo
Minha filha adorada
Dava tudo para te ver curada.
 
Que importa p´ra mim as pernas ?
Que importa p´ra mim o falar ?
Dava a minha vida
Para tu poderes correres e gritar.
 
Ah, se fosse possivel
Eu trocar de lugar
Por ti ,Beatriz
Eu,seria täo feliz.
 
José A.Correia –CantinhodaPoesia
 
Os direitos estao reservados pelo autor.
 
 
Ao ver o video que Mauricio ,meu amigo do Orkut
Mandou para mim ele me inspirou neste poema,para a minha filha Beatriz.
http://beatrizcorreia.com
 
http://www.youtube.com/watch?v=fv7ruv8Qy0Q&feature=related
publicado por poetacantinho às 15:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Poema de Natal

 

Desejo de Natal !
 
Desejo que haja amor
Na terra ,nos coracoes
Das pessoas ,que o Natal
Nao seja apenas tradicoes.
 
Desejo que toda a crianca
Tenha comida e roupa
Um carinho ,um abraco
Para colocar um sorriso em sua boca.
 
Desejo que as guerras parem
Onde vitimas perecem
E as criancas sofrem
E do Natal todos se esquecem.
 
Desejo que familias desavindas
Se juntem em amor e reconciliacao
Que deem as maos em unissuno
Que abram à Paz as portas do seu coracao.
 
Desejo de Natal deste humilde poeta
Que escreve sonhos da alma
Sentimentos de amor e paixäo
Grito ao mundo : Verdadeiro Natal é no Coracäo!
 
 
Jose A.Correia-CantinhodaPoesia
Escrito em 09.11.2006
 

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor
 
 
 

publicado por poetacantinho às 10:41
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Outubro de 2007

Poema em video Poeta CantinhodaPoesia

 

Site http://beatrizcorreia.com

Toolbar

http://portugalnossapaixao.forumtoolbar.com/tellafriend/

 

Para baixar o toolbar:

http://portugalnossapaixao.forumtoolbar.com/

Ao instala-lo estarao tambem a ajudar na divulgacao do caso da milha filha .

Obrigado

publicado por poetacantinho às 12:07
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

Poema -Beatriz

 
 Beatriz
Tu és quem sempre nos desejamos
És o ser que em nossas vidas entrou
E em nosso lar o amor derramou
E atravez de ti nossa familia mais amor encontrou!
 
Deus quis que viesses doente
Pois se ele nos queria por a prova
Pais fortes e pacientes nos somos
E o nosso amor teras pra sempre .
 
Estiveste a morte no teu nascimento
Passado esse tempo mais vezes aconteceram
Sempre a tudo tens resistido
E nós muito sofrido
 
Deus nos deu este designo
Sermos teus Pais nesta vida
Recebemos essa dadiva com carinho
E muito amor! De nós podes ter certeza
 
Que cuidaremos de ti
Até ao fim de nossos dias !
Sabemos quanto dificil
Será essa estrada ...
 
Mas a viagem já comecou
E juntos venceremos esta jornada
Que Deus nos encomendou!
 
Escrito hoje 4.02.2006
 
José A . Correia-CantinhodaPoesia
 
Os direitos autorais estao reservados !!

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor
 
 
 
publicado por poetacantinho às 15:59
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Fotos Aniversário 14 Anos de Casamento Poeta Cantinho

Aqui preparando o poema comemorativo .

 

 

O Poeta Cantinho e Esposa

 

 

Com os amigos donos do Restaurante Vasco Da Gama em Gelserkirchen-Alemanha

publicado por poetacantinho às 17:37
link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Outubro de 2007

Poema Amada Companheira

publicado por poetacantinho às 14:22
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

Destaque Do Dia :Um Chat com Qualidade!

Hoje dou aqui destaque a um chat onde se pode estar a teclar e ouvir musica com discos pedidos .Chat Portugal no Coracao esta interligado a radio Mundo Romance .

Venha conhecer este chat em :

 

www.portugal-no-coracao.com/

 

 

 

 

Este site condedeu-me a honra de usar um poema meu ,CantinhodaPoesia,na sua entrada para o chat. Hoje aqui podera ler esse poema feito  por mim exclusivamente para esse efeito e do qual recebi ja em muldura num efeito muito lindo.

O meu muito obrigado a direccao deste chat.

 

Portugal no Coracäo
 
Neste chat da amizade e uniao
Somos anfitrioes ,com carinho e abracos
Chat Portugal no Coracäo
Para entrar è só seguir alguns passos.
 
Com a seta do rato, igual a do cupido
Enter e sua vida terá novo sentido
Escolhido o nick decente e apropriado
Se vier por bem ,aqui será amado.
 
Trabalhamos em prol do seu divertimento
Exijimos um bom comportamento
Com emocäo e boa educacäo
Sera bem vindo ao chat Portugal no Coracäo.
 
José A.Correia-Poeta Cantinho
CantinhodaPoesia
 
Os Direitos estäo reservados pelo Autor.
 

publicado por poetacantinho às 09:58
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Setembro de 2007

Poema-Misteriosa Amiga

 

Tu, que vens incógnita
Dizer-me palavras de coragem
Me fazes mais forte cada dia
Nao perdes a viagem.
 
Me confortas e me admiras
Me elogias em palavras soltas
Me ajudas a viver este dilema
Quando a silabas saiem roucas.
 
Misteriosa amiga ,ser sublime
Que em täo pouco que diz
Imensos sentimentos exprimes
A mim, fazes-me um pouco mais feliz.
 
Passa o dia e veem a noite em desdem
Tua presenca eu nao senti 
Sinto a tua falta , saudades de alguem
Das frases que proveem de ti.
 
22.09.2007
José A.Correia –CantinhodaPoesia
 

Os direitos estäo reservados pelo Autor

publicado por poetacantinho às 10:26
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Setembro de 2007

Poema-Pintar o Amor

 

Na arte do amor
Na tela do amar
Pintar fantasias
Nosso atelie particular.
 
Fazemos o esboco elementar
Nossos olhos na tela
Amada desenhar
O amor com cores pintar
 
Sentimentos em rabiscos
Tentamos demonstrar
Que amamos alem da tela
Ser capaz alem do infinito
Pelas cores o amor combinar
 
Amor fundamental
Quadro com expressao
Teem de se amar de verdade
Alguem do fundo do coracäo
 
Retoques finais
A imagem completa
Quem amamos ,ficou imortalizada
Na tela de amor repleta.
 
José A.Correia - CantinhodaPoesia
Escrito em 24.05.2006

 
Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor
 
 
publicado por poetacantinho às 13:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

Poema - Faco da Vida Poesia

 

 

É bom fazer algo na vida
melhor ainda com um objectivo
vida sem objectivo é decadente
e por tudo o mais que se tente
o tempo corre demais
e a idade passa pela gente.
Para que o tempo não passe
devemos ter o prazer
de ter um poema para lêr
assim já não há impasse
lêr não è maçada é dever
para ter a mente dourada.
Faço tudo na vida
mas para ser enobrecido
neste meu poema original
escrevo como é natural
poesia em cada dia.
Escrito em 10.05.2004

José A. Correia _CantinhodaPoesia

Os direitos autorais estao reservados !!

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor.
 
publicado por poetacantinho às 08:39
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

Poema- A Luz

 

 

 

A Luz!

A luz se apaga ,a escuridao toma conta do meu ser
E a mente viaja por entre imagens soltas
Deixo-me levar nos sonhos e viagens loucas
Qual desfilar de slides ,projetam o meu viver.

Recordacoes que desfilam sem prioridade
Misturadas em amor ,sacrificio e perdas
Um conflito de sentimentos a alta velocidade
Säo tesouros guardados em quimeras.

Desejo sonhar eternamente
Nao ver a luz que se apagou
Meu coracäo bate carente
Por saber que acordando nada mudou.

Josè A. Correia -CantinhodaPoesia

Os direitos estäo reservados pelo Autor.

publicado por poetacantinho às 09:39
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Setembro de 2007

Poema-A Janela do meu Quarto

 

 
Pela vidraca olho o céu
Paro por um momento
Aproximo-me junto ao vidro
Sinto um tremor ,sentimento
 
Tenho de abrir a janela
E o que faco ,abri
Que bela visao tenho daqui
Vou vos contar o que vi.
 
A Lua imponente ,espalhando
Luminusidade de seu luar
Radiosa ,alegre na noite
Convidando casais para amar
 
Qual rainha ,com suas damas d`honor
As estrelas ao seu redor ,vestidas a rigor
Brilhando ,bailando
Numa danca digna dum grande amor
 
Extasiado perco-me no tempo
As horas passam por mim
Nao ,sonho nao è certamente
Tanta beleza sem fim
 
Volto para dentro
Deixo a janela aberta ,de facto
Volto a escrever e contar-vos
O que vi da janela do meu quarto.
 

Escrito em 30.05.2006

José A. Correia-cantinhodapoesia

Os direitos autorais estão protegidos
 

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor

publicado por poetacantinho às 11:40
link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Setembro de 2007

Poema- Flores

 

 Bom hoje me apetece de falar sobre
Flores ..cheirosas ,belas e de muitas cores
Gosto de ir num lindo jardim
Gosto de colher flores pra mim
Na vida do dia a dia tambem
Se encontram flores
Lindas e esbeltas
Que sao pessoas de bom coracao
E que me criam muita emocao
Algumas sao como campos ajardinados
Que quando vem o inverno ja nao estao
Outras sao como estufas que todo o ano permenacerao.
Uma dessas flores comigo teem ficado
E uma flor diferente.carinhosa
Enfim uma flor que qualquer jardineiro
Gostaria de ter em seu quintal.
Ainda nao a conheco …mas gosto dela
Ainda nao tive seu perfume em meu olfacto
E ela me cheira deliciosamente bem
Ainda nao a colhi infelizmente
Pois esta flor teem dono
Mas sempre sera assim na vida
O que e bom .lindo maravilhoso
Nunca e nosso …..que pena..
Como ficaria bem essa flor
Em meu quarto junto ao meu coraçao
Perfumando tudo a sua volta
E me inebriando de prazer !
Apenas sao palavras ditas
Que posso por agora mais fazer ?
 
 
José A. Correia-CantinhodaPoesia

Os direitos autorais estao reservados !!

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor
 
publicado por poetacantinho às 09:30
link do post | comentar | favorito
Domingo, 9 de Setembro de 2007

Poema:Adoro cantar, adoro dancar ....

 

 

Numa vida futura

queria ser artista
porque noutra vida
ja passada
eu fui pianista ...
 
tocava melodias
lindas de encantar
sobre como se pode amar
alguem desejar outrem
e nao ficar com ninguem
 
deixo minha mente voar
ao redor do universo
porque nesta vida real
anda tudo pocesso
 
Quero fugir no comboio da
minha imaginacao e
ir ao encontro do meu amor
antigo que sente
minha falta e está na solidao.
e juntos dancar-mos ate nossas
forcas se perderem no calor
no horizonte de nossos corpos suados e
cansados da danca do amor !
 
Jose A.Correia -CantinhodaPoesia
escrito em 10.03.2006
 

Os direitos autorais estao reservados !!

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor

publicado por poetacantinho às 10:41
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

Poema!Pintar o Amor

 

 

Na arte do amor
Na tela do amar
Pintar fantasias
Nosso atelie particular.
 
Fazemos o esboco elementar
Nossos olhos na tela
Amada desenhar
O amor com cores pintar
 
Sentimentos em rabiscos
Tentamos demonstrar
Que amamos alem da tela
Ser capaz alem do infinito
Pelas cores o amor combinar
 
Amor fundamental
Quadro com expressao
Teem de se amar de verdade
Alguem do fundo do coracäo
 
Retoques finais
A imagem completa
Quem amamos ,ficou imortalizada
Na tela de amor repleta.
 
José A.Correia - CantinhodaPoesia

Escrito em 24.05.2006

 
Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor

 

publicado por poetacantinho às 20:42
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

Poema-Banquinho de Jardim

 

Recordacoes vazias 
Abracos e beijos
Perdidos no tempo
Sinto-me perdido, sem alento
 
Junto ao nosso lugar
Banquinho do jardim
Olhares nossos sem fim
Labios nos labios a posar.
 
Mäos tuas e minhas
Cruzando com delicadeza
Promessas ditas com ternura
Com total certeza.
 
Recordando agora o passado
Junto ao banquinho ,enfim
Relembro a desvio que fizemos
O que jamais tivemos
 
A tua ausencia nestes anos
A falta que me marcou
O teu toque que mais nao me tocou
A vida de desenganos
 
Outras vidas cruzaram com as nossas
O passado carregado nas costas
O coracao pesado de lembrancas
A causa de meus cabelos terem brancas
 
Agora junto ao banquinho de jardim
Vejo-te chegar ,com a alma carregada
Nao me esquecestes porem
Nao esperavas por mim ,olhas assustada
 
Sentamo-nos palidos de emocao
Tanto para dar de nosso coracao
Falamos do passado ,de perdäo
Iguais momentos de confissao.
 
Selamos nossa uniao
Junto ao banquinho de jardim
O futuro existe sim
Vive-lo será a nossa razäo!
 
Escrito em 29.08.2006

José A . Correia- CantinhodaPoesia


Os direitos autorais estao reservados !!

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor


publicado por poetacantinho às 08:22
link do post | comentar | favorito
Sábado, 1 de Setembro de 2007

Poema-Cabelos Molhados...!

 

 
Escorrendo agua
Como se fossem gotas
Gotas de orvalho
Como se fosse um rio
Descendo colinas
Gotejando aos poucos
Passando por teus labios
Descendo essa montanha
Qual riacho seguindo
Seu leito e que é teu peito
Refujiando-se na anseada
Que e teu ventre
Apagando essa chama ardente
Por fim chegando ao lago
Onde imunde teu espaco
Que é o meu desejo
Assim sao teus cabelos
Cabelos molhados
Apenas por agua
Tao limpida e cristalina
Pura agora porque teu filtro
È teu corpo
E a minha sede enorme
Podemos beber agora
Já que matámos nossa fome !
 

Escrito em 18.04.2006

José A. Correia- CantinhodaPoesia

Os direitos autorais são protegidos
 

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor

publicado por poetacantinho às 22:52
link do post | comentar | favorito

Entrevista com o Poeta "Cantinho da Poesia"

 

ENTREVISTA COM O Poeta José A. Correia- CantinhodaPoesia
É um prazer muito grande estar entrevistando

A Comunidade Biblioteca Virtual no Brasil agradece por este momento lindo.


Biblioteca Virtual entrevista Poeta José A. Correia
Nome?
J.A.C-Jose Alberto Correia , mas mais conhecido por “CantinhodaPoesia”
Idade?
J.A.C-41 anos
País de origem?
J.A.C-Portugal

Biblioteca Virtual :
A poesia é uma novidade em sua vida?
J.A.C-Bom,faz tempo que escrevo mas sempre guardava como se diz …na gaveta por isso so agora estou publicando este livro ,se me pergunta se nesta materia sou novo …sim sou novo na area de publicar.

Biblioteca Virtual:
Tem algum poema que a acompanha sua vida?
J.A.C-Sim …tem tres pelo menos ,teem o de “Nobre a Vagabondo”..uma fase   má de minha vida teem o “Beatriz” ..minha filha o milagre que Deus me ofereceu pra eu cuidar.e tem o “Partiste” uma historia que será para outro livro mais tarde.

Biblioteca Virtual :
Qual o papel do escritor na sociedade?
J.A.C-Isso e complicado .temos varios papeis hoje em dia desde livros politicos ,escolares ,entre outros .mas o que esta faltando säo livros que apelem ao amor ,ao carinho pelo proximo aproximar as pessoas dos valores da sociedade que andam perdidos esse e o objectivo do livro.amor, carinho emocao ,sentimentos ,as pessoas nao perderam o romanismo ,apenas o escondem e nao comunicam e isso acaba sendo o problema acabam sendo pesssoas mais frias no seu coracao.

Biblioteca Virtual :
Como você teve a idéia de lançar seu primeiroLivro?
J.A.C-Bem realmente essa e uma pergunta curiosa sim porque tudo tem a haver com Beatriz minha filha deficiente ela sofre duma rara doenca e ai eu precisava encontrar outras pessoas no mundo que me dessem informacao sobre o problema .
Ai pensei na internet e comecei a rodar sites mas nao era facil e percebi que tinha de fazer algo foi quando encontrei o flogäo e comecei a por fotos mas ai as visitas nao eram muitas apesar de haver pessoas que me visitavam e me incentivavam e decidi por poemas e quais poria? Claro que seriam os meus e foi assim que encontrei o flogao de Ligia Puglielli uma futura promessa da poesia Brasileira e foi ela que me trouxe para a comunidade no orkut ai fui colocando la poemas tambem e Ligia sempre me dizia que deveria publicar ,mas eu nao ligava nao achava ruim o que escrevia ,mas ai as pessoas la no orkut comecaram a ser fas e a elogiar o trabalho ..ai dei conta que publicar um livro talvez fosse boa ideia ate para ajudar minha filha Beatriz ..penso que respondi ao que pretendia saber.

Biblioteca Virtual :
Existe algum vestígio da cidade e da sua infância em sua obra?
J.A.C-Da infancia tem um pouquinho no “Nobre a Vagabondo”,assim por alto da cidade ainda nao será neste ..mas no proximo farei sim.

Biblioteca Virtual:
Você pretende divulgar seu trabalho no seu país de origem?
J.A.C-Este será divulgado no Brasil país que amo e de onde era meu avo MG apesar de nunca ter ido ate lá conhecer isso esta nos meus planos ,mas elegi o Brasil pra ser o primeiro País a receber o livro, mas Portugal tambem irá ter este Livro porque sairá brevemente.
 
Biblioteca Virtual :
Você escreveu uma letra para uma música me explique como foi esta experiência?
J.A.C-Bom .ta falando da letra “Imaginário” .na verdade eu a escrevi como escrevi as outras ,ai apareceu o Carlos Polito la no orkut querendo a musica pra musica-la ele toca e canta tem um site de Bandas de garagem,ai achei legal ai dei luz verde pra ele.

Biblioteca Virtual entrevista :
Aos poucos todos os poetas "fortes” estão entrando na
Internet. O que a rede pode fazer pela poesia?
J.A.C-Bem eu entrei ,mas nao me considero nada forte tenho visto outros autores que ate sao bem melhores que eu ,mas o problema e que nao publicam ,a rede pode fazer muito ,ate acho que ja esta fazendo aproximar talentos pessoas e como se pode la ver cultivar um pouco o amor da humanidade ,aproximar pessoas neste mundo em que cada vez mais se afastam uns dos outros .




Biblioteca Virtual :
Como pretende divulgar seu trabalho?
Isso sera o processo normal da Editora ele ira pras livrarias ,so que nao vou fazer a sessao de autografos no Brasil visto estar na Alemanha e entao decidi faze-la aqui mesmo em Dortmund virada para as duas comunidades de lingua oficial portuguesa ,Portugal e Brasil , mas depois irei fazer tambem em Portugal e quem sabe se o livro tiver um bom impacto possivelmente näo estará fora a possiblidade de fazer uma sessäo no Brasil.



Biblioteca Virtual :
Qual a inspiração mais atuante?
 
J.A.C-A humanidade,a realidade das coisas e a paisagem e os amantes .

Biblioteca Virtual :
Você pretende publicar outro livro?
Qual sua perspectivas ?
Sim eu ja estou compilando outro livro ,mas vou esperar qual o impacto deste perante o leitor a procura e o sucesso ou nao dele …,prespectivas sinceramente nao tenho …sera o que Deus quiser e o leitor tambem rsrs.Se correr bem este irei no segundo livro doar a uma instuituicao de caridade ou casa de criancas desprotejidas   uma percentagem das vendas .Este primeiro será para ajudar a minha filha.





Biblioteca Virtual :
Você vai dedicar este livro a alguém especial?
J.A.C-Sem duvida ,a minha filha Beatriz ,e ao resto da familia ,e a Ligia Puglielli pela forca que me teem dado para que eu publique.




Biblioteca Virtual :
Que poetas você mais lê hoje?

J.A.C -Ler sempre li desde o Eca de Queiros ,Florbela Espanca ,Fernando Pessoa ,Vinicius de Morais,e tenho lido novos escritores que väo pondo seus poemas no orkut e posso dizer que teem lá muita qualidade .

Biblioteca Virtual :
Você tem muitos poemas guardados?
 
J.A.C-Sim tenho alguns ja entram neste livro outros iram pra outro futuro livro ,e outros nem sei se porei sao fazes da minha vida complicadas ,irei pensar ….

Biblioteca Virtual:
Por que você custou tanto a publicar seus poemas em livro?
 
J.A.C-No fundo eu tinha pouca confianca ,nao tenho muita agora rsrs de que eu iria agradar ..e dificil falar disso .

Biblioteca Virtual :
Qual foi a importância para você em relação ao seu flog e o orkut
Você acha que te incentivou de alguma forma a publicação do seu primeiro livro?
 
J.A.C-Concerteza ,lá eu pode ver que as pessoas gostavam do que eu escrevia e ai com Ligia literalmente me empurrando rsrsrs eu decidi publicar .

Biblioteca Virtual :
Qual sua meta agora?
 
J.A.C- Meta …que o livro seja do agrado dos leitores …apenas isso se nao for tenho que arranjar uma estante maior aqui em casa rsrs.

 

Biblioteca Virtual :
Agora falando um pouquinho do Beto que ele faz nas horas vagas.
 
J.A.C-O Beto faz ginasio ,cozinha , passeia com a familia e gosta de ver televisao ,noticias e desporto ,nada de muito diferente dos comuns dos mortais rsrs



Biblioteca Virtual entrevistou Poeta José A. Correia
Bom Beto acho que nossa primeira entrevista foi muito produtiva espero que todos tenham gostado.
Vamos ficar aqui aguardando a data prevista para o lançamento e você poderá voltar aqui para nos contar tudo.
Um grande beijo e mais uma vez obrigado pela sua atenção sabendo que você proporcionou um pedacinho do seu tempo para poder estar aqui.
 
J.A.C-Foi um Prazer responder a vcs ,aproveito para parabenizar esta iniciativa .

Biblioteca Virtual:Muito sucesso a você Beto.


 
publicado por poetacantinho às 12:07
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

O meu Destaque do Dia

O destaque vai para: Mensageiro da Poesia

Associacäo Cultural Poética

Pode aceder a mais informacöes através

deste link:

  http://mensageirodapoesia.atspace.com/

    

publicado por poetacantinho às 15:10
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Agosto de 2007

Poema: De Nobre a Vagabundo

 

Neste meu poema vou vos contar a minha historia
Já fiz de tudo nesta vida com honra e muita gloria
Já tive dissabores perdas e danos
E amores de imensos tamanhos.
 
Perdi minha adorada Mae muito cedo
Como se houvessse tempo pra se perder
Quem mais nos ama e nos quer
Não foi ela que quis ir assim tao cedo
Foi deus que a chamou
Fiquei eu pequeno cheio de medo.
 
Mas o tempo passa e nos ajuda a curar
Não a esquecer pois isso jamais
Mas fiquei com a lembranca em meu coracao
E sei que minha Mae lá no alto
Sempre esteve dando-me força e ajudar.
 
Vejo-me mais tarde de arma em punho
Pronto a atirar a tudo que se mexesse
Viajei mundo em barcos ,avioes
Conheci terras distantes ,mas sempre
A ideia era a mesma dos superiores
Atacar que eu não conhecia
Matar e ferir e deixar crianças orfas
Mas minha fé não era isso que queria .
 
Dei comigo só e já sem Pai
Sem rumo de vida a tomar
Que fazer agora que deixei pra trás
A vida triste de militar?
 
Deus depressa se encarregou
De me dar o que até ali não tinha tido
Minha esposa amada
Meu amor querido
 
Casamos em Setembro
Dia lindo de sol iluminando nosso enlace
Fizemos viagem de nupcias
No outro dia de manha
Ofereci-lhe o pequeno almoco
Uma rosa e um beijo de bom dia na face.
 
Tive sucesso no trabalho e na vida familiar
Vieram os filhos e tambem casa nova
Felicidade não faltava e amor estava presente
Mal eu sabia que a vida me iria dar uma sova
 
Em pouco tempo tudo se desvaneceu
Casa e trabalho se perdeu.....
Ficou a familia unida dando apoio
Estava feliz e sentia-me um sortudo
Tinha perdido tudo
 
Mas tinha o mais importante comigo
O amor da minha vida e meus filhos queridos
Não me importava mais nada
Estava contente mesmo assim
A conta de um socio opurtuno
Tinha passado de nobre a vagabundo!!
 
 
Escrito em 10.02.2006
 
José A. Correia - CantinhodaPoesia
 
Os direitos autorais estao reservados !!
 

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor

publicado por poetacantinho às 13:50
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

Poema - Nos teus olhos...


 



         Nos teus olhos vejo a luz
         Da minha perdida felicidade
         O teu olhar é a alegria
         Que eu vivia com vontade

  • Nos teus olhos apenas vejo
    A inalcançavel esperança
    De poder voltar a sorri
    E de viver em segurança

  • Nos teus olhos vejo amor
    O amor que desconheço
    Vejo algo que me fascina
    E me faz sonhar com um começo

  • Nos teus olhos vejo a paz
    O paraíso simples e belo
    Vejo o meu pequeno sonho
    De viver um amor singelo

  • Nos teus olhos encontro
    Tudo aquilo que perdi
    E o sentido da minha vida
    Depende agora só de ti

  • Nos teus lindos olhos
    Vejo a ondulação do mar
    E vejo neles escrito
    Como aprender a amar

  • Nos teus olhos vê-se
    A tua simplicidade
    Vê-se um amor nascer
    Com tamanha naturalidade

  • Nos teus olhos...
    Até dá para ver o mundo
    Vejo-me neles também
    Mas apenas num sonho profundo

  • Um sonho tão belo
    Que apenas eu estou a sonhar
    E nos teus olhos vejo
    Que me vou magoar
 
Jose A. Correia -CantinhodaPoesia
Os Direitos estäo reservados .

 


publicado por poetacantinho às 20:34
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007

Poema:Adoro cantar, adoro dancar !

 
 
Numa vida futura
queria ser artista
porque noutra vida
ja passada
eu fui pianista ...
 
tocava melodias
lindas de encantar
sobre como se pode amar
alguem desejar outrem
e nao ficar com ninguem
 
deixo minha mente voar
ao redor do universo
porque nesta vida real
anda tudo pocesso
 
quero fugir no comboio da
minha imaginacao e
ir ao encontro do meu amor
antigo que sente
minha falta e esta na solidao.
e juntos dancar-mos ate nossas
forcas se perderem no calor
no horizonte de nossos corpos suados e
cansados da danca do amor !
 
Jose A.Correia- CantinhodaPoesia
 
Os direitos autorais estao reservados !!

Se quiser copiar não esqueca de mencionar o Autor
 
publicado por poetacantinho às 21:06
link do post | comentar | favorito

.Radio Ibérica

.VIDEO

.Poeta O CantinhodaPoesia

.pesquisar

 

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Poema "Retorno"

. Poema :Em teu Lugar !

. Poema de Natal

. Poema em video Poeta Cant...

. Poema -Beatriz

. Fotos Aniversário 14 Anos...

. Poema Amada Companheira

. Destaque Do Dia :Um Chat ...

. Poema-Misteriosa Amiga

. Poema-Pintar o Amor

. Poema - Faco da Vida Poes...

. Poema- A Luz

. Poema-A Janela do meu Qua...

. Poema- Flores

. Poema:Adoro cantar, adoro...

. Poema!Pintar o Amor

. Poema-Banquinho de Jardi...

. Poema-Cabelos Molhados......

. Entrevista com o Poeta "C...

. O meu Destaque do Dia

.arquivos

. Dezembro 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Comunidade 2you4ever


É Fixe! Mesmo Fixe!!!

.Contador

Contador
Contador Web

.BANNER

.Traduzir esta página

.BANNER

.Calendário

blogs SAPO

.subscrever feeds